Definindo valores:

            Todos queremos ter sucesso na vida, no trabalho, vida pessoal e até amorosa. Crescemos ouvindo isso e no final de tudo, acaba se tornando nosso principal objetivo. O que acontece é que muitas vezes adotamos estereótipos de outras pessoas e não sabemos exatamente qual é o modelo do sucesso que desejamos. Por isso é tão importante conhecer-se e definir nossos valores para que não estejamos trabalhando contra nós mesmos sem perceber.

            Aí vão alguns exemplos: Suponhamos que temos agora três vagas de trabalho: A primeira é em uma multinacional de autopeças que tem sua matriz na Alemanha e exige muito de seus funcionários, eles devem ser capazes de trabalhar sob pressão e estresse. A segunda vaga é de Gerente financeiro em uma empresa pequena, a função exige habilidade em lançamentos fiscais, compras e recebimentos, é um emprego estável em um ambiente muito acolhedor. E nossa terceira vaga é em uma ONG que trabalha com inclusão digital de pessoas carentes ou em vulnerabilidade social.

            Nestes casos, você caro leitor, se tivesse que escolher, em qual delas gostaria de ingressar?  A empresa multinacional tem a possibilidade de melhores salários, mas exige que se viaje muito, para muitos pode ser a escolhida principal, mas será que uma pessoa que deseja muito ficar com a família iria se sair bem em um trabalho que precisaria viajar muito? Ou será que alguém cujo o valor principal é ter muito dinheiro se sentiria realizado ajudando crianças de rua almejarem um futuro melhor?

Vamos aos candidatos: Perfil 1: tem como principal valor a família e estar perto das pessoas que ama, gosta de estabilidade e prefere trabalhar com calma e se preparar bem para sua rotina.  Perfil 2 – gosta de ser livre e adora viajar, quer conquistar uma vida financeira confortável, pois ter muito dinheiro é um de seus principais objetivos na vida. Perfil 3: Seu objetivo é a valorização profissional e quer ser reconhecido pelo trabalho que faz, para ele o trabalho deve ter um significado maior e gosta de ajudar as pessoas.

            Nestes casos será fácil fazer a colocação destes profissionais, pois sabem exatamente o que querem e como gostam de levar suas vidas. Precisamos nos desvencilhar dos padrões que nos fizeram acreditar que seria o melhor, e buscar aquilo que de fato nos fará felizes. Se quer muito ganhar dinheiro, talvez seja preciso abrir mão das coisas que gosta muito de fazer, deixar isso somente como Hobby. Ou se seu sonho é fazer a diferença no mundo, será preciso aceitar que você não ficará rico e assim por diante.

            É claro que seria maravilhoso conciliar nossos valores internos com aquilo que a sociedade nos cobra, e por vezes isso é possível, mas é preciso que saibamos como lidar com isso de uma maneira clara, para não deixar de lado aquilo que nos é mais importante.

 

Josiane Scharneski