Alimentação Inteligente

Alimentar-se de maneira saudável, não precisa ser sofrido, difícil e caro, podemos fazer disso algo simples, com a mudança de pequenas atitudes do nosso dia, pois prevenção não é proibição. Algumas mudanças são necessárias, mas precisam começar devagar, pois o segredo está no equilíbrio.

Para uma alimentação ser equilibrada ela deve: Suprir as necessidades energéticas, incluir todos os nutrientes necessários ao organismo, as quantidades devem guardar uma relação de proporção entre si e a finalidade da alimentação deve ser adequada ao organismo, faixa etária e condições de saúde.

Também é de extrema importância que façamos boas escolhas no momento da compra, higienização, armazenamento e preparo das refeições para que não haja desperdício, e possamos assim aproveitar integralmente os alimentos e usufruir de todos os nutrientes. Isto é, utilizar talos, folhas, cascas e entrecascas (parte branca entre a casca e a polpa da fruta). Os talos podem ser usados para patês, refogados, recheio de tortas salgadas e sopas. As cascas de batata por exemplo, podem ser fritas ou assadas e servidas como aperitivos, já as cascas de frutas podem ser usadas para sucos e chás. As folhas podem ser utilizadas em bolinhos, saladas, sopas ou picadinhos, e as entrecascas de melancia ou melão, por exemplo, podem ser usadas para doces ou recheios salgados.

Que tal adotar estas práticas para seu dia a dia? Aqui vão 10 passos para lhe ajudar a criar o hábito de uma alimentação mais saudável:

  1. Faça de alimentos in natura a base da sua alimentação.
  2. Use óleos, gorduras, sal e açúcar com moderação.
  3. Limite o uso de produtos prontos para consumo.
  4. Coma com regularidade, atenção e em ambientes apropriados.
  5. Coma em companhia.
  6. Faça compras de alimentos em locais que ofertem variedades de alimentos frescos e evite aqueles que só vendem produtos prontos para consumo.
  7. Desenvolva, exercite e partilhe habilidades culinárias.
  8. Planeje o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece.
  9. Dê preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora e evite redes de FastFood.
  10. Seja crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas comerciais.

E lembre-se: descasque mais, e desembale menos.

 

Cibele Mariana